sexta-feira, 1 de maio de 2009

Parabéns trabalhador


Hoje é dia de homenagear o trabalhador!

De uma forma muito especial quero homenagear os trabalhadores e empregadores de Morro do Coco. Aqueles que acordam bem cedo, antes mesmo do galo cantar, para ir ao sítio "tirar leite". Os que diariamente vão pra Campos ou outra cidade e por lá ficam a semana inteira ou retornam para na manhã seguinte fazer o mesmo percurso. Aqueles que, sem "corpo mole", ralam pra manter suas famílias, pra dar condições aos filhos de estudar e crescer profissionalmente. Enfim, todo trabalhador de Morro do Coco. Pois é com trabalho e esforço que alcançamos nossos objetivos! A Bíblia mesmo diz que digno é o trabalhador do seu salário.

Não poderia me esquecer dos aposentados, que tanto já trabalharam.

E de uma forma especial, quero lembrar do meu avô Nascimento (na foto em frentre ao seu comércio. Créditos: MuVi, Museu Visual), que durante anos trabalhou em seu comércio e hoje é aposentado, sempre conseguindo tudo com muito esforço e trabalho, um verdadeiro lutador, trabalhador! E tantos outros que com muito esforço e trabalho construíram suas famílias e educaram seus filhos.

A você, trabalhador e empresário de Morro do Coco, feliz dia do trabalhador!

Com esforço e trabalho chegaremos lá.

5 comentários:

Anônimo disse...

Muito legal a sua homenagem. Nós trabalhadores só pedimos mais respeito a nossa classe, não queremos é continuar vendo verdadeiros marajás como os que tinham na prefeitura no governo anterior sendo tratados como trabalhadores, pois, eram na verdade verdadeiros ladrões dos cofres públicos. Aqui em Morro do Coco tinham bastantes desses marajás, a comunidade sabe um por um.

Ciro Mendes disse...

Olá Anônimo. Ainda bem que não tem mais marajás, né!? Os que ganhavam dos cofres públicos sem trabalhar pra isso, agora não ganham mais! Graças a Deus. E viva o trabalho! Pois concordo com você, o trabalhador tem que trabalhar pra receber!

Obs.: A intenção do post não foi lembrar os marajás, e sim os trabalhadores (que merecem o nosso respeito).

Roberto Torres disse...

Acontece que um trabalhador, um sujeito que sai de manhazinha pra tira leite, e rala nesse sol quente a semana toda, nao consegue esquecer os marajás Ciro! Nao esquece por que sabe que o cara que tá ali recebendo uma boa grana da prefeitura, que quase nunca condiz com a funcao que ele ocupa, no fundo zomba do trabalhador e de quem quer ganhar a vida na honestidade.

Ciro Mendes disse...

Entendo perfeitamente seu posicionamento Roberto!

NINO BELLIENY disse...

Melembro do dia em que tirei essa foto...dê um abração em seu avô Nascimento..saudades daquela venda e daqueles tempos.